12 de jul de 2012

TIM pode ser proibida de vender no Brasil

 

TIM cai forte na Bolsa com temor sobre possível sanção do governo

tim

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, ameaçou ontem (11) proibir a venda de novos planos de telefonia móvel da TIM em razão do aumento no índice de reclamações junto aos órgãos de defesa do consumidor. Além disso, segundo o ministro, a empresa precisa acelerar os investimentos em suas redes de forma que possa melhorar a qualidade do serviço em algumas regiões.

“Em seis ou sete estados, os serviços da TIM estão muito aquém do ideal”, destacou Paulo Bernardo. “Ou a empresa investe e melhora o serviço ou vamos proibir a venda de novos planos”, completou. As declarações foram dadas durante um café da manhã do qual o ministro participou juntamente com membros da Confederação Nacional dos Jovens Empresários (Conaje).

Paulo Bernardo ressaltou ainda que vai sugerir que a empresa assine um termo de compromisso junto à Anatel. Por meio de nota oficial, a TIM informou não ter conhecimento de nenhum termo específico para assinatura e que o acompanhamento na prestação de serviços das operadoras é uma prática rotineira da agência.

“A TIM está à disposição do órgão regulador para tratar de eventuais deficiências suscetíveis à rede de uma operadora móvel”, comentou a empresa. O anúncio das possíveis sanções à operadora TIM fez com que as ações da empresa caíssem cerca de 6% na Bolsa de Valores.

Segunda maior empresa de telefonia do Brasil, a TIM tem apresentado falhas em diversos estados, mas a situação mais dramática ocorre na Paraíba, Alagoas, Piauí e Pernambuco. A operadora terá um prazo de 60 dias para reduzir em pelo menos 25% o número de reclamações.

Fonte: Info e Folha de S.Paulo

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou desta dica? Divulgue para seus amigos. Envie suas sugestões. Nos envie informações para melhorar ou ampliar esta dica. Esperamos sua participação.