7 de nov de 2011

As 10 motos mais potentes à venda no Brasil

Entre estas motocicletas de alta potência aparecem também as naked — motos destinadas ao asfalto, sem carenagens —, que venderam 10.651 unidades, em 2010, frente a 4.192, em 2007.

Veja abaixo um ranking com 10 motos mais potentes à venda no país, classificadas de acordo com dados declarados pelas marcas.

1. Kawasaki ZX-10R - 200,1 cv
A nova geração da esportiva Ninja ZX-10R é a moto mais potente do Brasil. Seu propulsor de quatro cilindros e 998 cm³ em linha é capaz de atingir 200,1 cv de potência máxima a 13.000 rpm e 11,4 kgfm a 11.500 rpm. Caso utilize um RAM Air, sistema de indução natural de ar no motor, a cifra pode chegar a 209,9 cv, segunda a marca. A ZX-10R custa a partir de R$ 56.990.

  Kawasaki ZX-10R - 200,1 cv

2. Suzuki Hayabusa - 197,2 cv
A lendária Hayabusa continua entre as mais potentes, apesar de já não possuir um projeto tão novo. A esportiva custa R$ 52.900 e possui um visual bem chamativo com carenagens angulosas. Seu motor de 1.340 cm³ atinge 197,2 cv de potência máxima e 15,8 kgfm de torque a 7.200 rpm.

 Suzuki Hayabusa - 197,2 cv

3. BMW S 1000 RR - 193 cv
A moto alemã foi lançada em 2009 e conseguiu atingir um desempenho parelho às esportivas japonesas. Com um visual assimétrico, no qual o desenho de cada lado da moto é diferente, a S 1000 RR tem propulsor de quatro cilindros em linha de 999 cm³ que produz 193 cv de potência máxima a 13.000 rpm. Seu preço parte de R$ 61.400.

  BMW S 1000 RR - 193 cv

4. Kawasaki ZX-14R - 193 cv
No exterior, a nova versão da ZX-14R pode atingir 210 cv. Contudo, no Brasil, o modelo anterior da sport-touring também é muito potente e garantiu o 3º lugar. O motor de 1.352 cm³ de 16 válvulas e injeção eletrônica possibilita a potência máxima de 193 cv a 9.500 rpm e 15,7 kgfm de torque. Seu preço parte de R$ 49.990. A moto empata em 3º com a S 1000 RR.

Kawasaki ZX-14R - 193 cv 

5. MV Agusta F4 - 188 cv
A MV Agusta está em nova fase no Brasil com suas motos montadas em Manaus através de uma parceria com a Dafra. O destaque da marca italiana no país fica por conta da esportiva F4, que apresenta um motor de quatro cilindros de 998 cm³ capaz de atingir 186 cv de potência máxima a 12.900 rpm e 11,4 mkgf de torque a 9.500 rpm. Seu preço é de R$ 68.000.

 MV Agusta F4 - 188 cv

6.Suzuki GSX-R 1000 - 185 cv
A esportiva de 999 cm³ da Suzuki está entre as mais potentes do país. O quatro cilindros que a impulsiona obtém as cifras máximas de 185 cv a 12.000 rpm e 11,9 mkgf a 10.000 rpm. Em seu visual está presente as linhas clássicas das superbikes da Suzuki. A GSX ainda possui três modos de potência, para o usuário adaptar a moto às condições de uso. Seu preço é de R$ 58.900.

 Suzuki GSX-R 1000 - 185 cv

7.Suzuki B-King - 184 cv
Mais uma moto da Suzuki a aparecer nesta lista é a B-King, que custa R$ 52.000. Contudo, a motocicleta é a primeira naked a figurar entre as mais potentes, ou seja, é a moto sem carenagens com mais “cavalaria” do Brasil. Utiliza como base o mesmo motor de 1.340 cm³ da Hayabusa, só que na B-King ele recebeu nova configuração e alcança 184 cv e 14,89 mkgf.

 Suzuki B-King - 184 cv

8. Yamaha R1 - 182 cv
Esta moto serviu como base para o piloto Ben Spies conquistar o Mundial de Superbike em 2009. Seu motor é um 4 cilindros de 998 cm³ e que atinge 182 cv a 12.500 rpm e 11,78 mkgf a 10.000 rpm. A versão “brasileira” ainda não possui controle de tração, que foi incorporado à esportiva no exterior, e custa R$ 57.000.

 Yamaha R1 - 182 cv

9. Honda CBR 1000 RR - 178,1 cv
A Honda CBR 1000 RR Fireblade é a esportiva que mais vende no Brasil, cerca de 120 unidades por mês. Para alcançar os 178,1 cv de potência máxima a 12.000 rpm e 11,4 mkgf a 8.500, a esportiva utiliza motor 4 cilindros de 999,9 cm³. A versão Standard tem preço sugerido de R$ 56.000, enquanto a com freios C-ABS R$ 58.000.

 Honda CBR 1000 RR - 178,1 cv

10. BMW K 1300 S - 175 cv
Ao contrário da S 1000 RR, a BMW K 1300 S é uma esportiva que segue os conceitos mais tradicionais da marca alemã. Sua transmissão é por cardã, e não por corrente. Com preço partindo de R$ 68.900, a K  possui motor de 4 cilindros que atinge 175 cv a 9.250 rpm e 14,3 mkgf a 8.250 rpm. BMW K 1300 S - 175 cv

Fonte: g1

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou desta dica? Divulgue para seus amigos. Envie suas sugestões. Nos envie informações para melhorar ou ampliar esta dica. Esperamos sua participação.