11 de abr de 2010

Entenda o “informatiquês”

ADSL

Sistema que utiliza a linha telefônica comum para permitir a conexão de internet banda larga (de alta velocidade). A linha é dividida em três canais: voz (ligações de telefone), download e upload (quando o internauta "envia" arquivos e dados para servidores na web). É o tipo de tecnologia mais utilizada para banda larga e está presente em serviços como o Speedy, da Telefônica.

    Bit

    Abreviação de dígito binário, em inglês, que indica a menor unidade de transmissão e armazenamento de dados usada na computação. É a linguagem usada pelos PCs, que "entendem" impulsos elétricos representados pelos números "0" e "'1" --"negativo" e "positivo", "desligado" ou "ligado" ou "falso" e "verdadeiro", respectivamente.

      Blog

      Tipo de site em que as "entradas" – textos, vídeos, fotos e etc –, chamadas "posts", estão organizadas na ordem cronológica inversa (do mais recente para o mais antigo). Em geral, destina-se à divulgação de ideias e informações de um usuário, um grupo de pessoas, ou organizações, que na maior parte dos casos estão sujeitas aos comentários dos leitores.

        Bluetooth

        Tecnologia para transmissão de dados, sem o uso de fios e a pequenas distâncias, entre dois aparelhos equipados com o sistema, como celulares. O ponto forte é o baixo consumo de energia.

          Blu-Ray

          Disco óptico de alta definição apontado como o sucessor do DVD, com capacidade de armazenar cinco vezes mais dados. É capaz de armazenar até 9 horas de vídeo em alta definição e 23 horas de filmes em formato convencional.

            Browser

            Programas utilizados para acessar a web, como Internet Explorer, Mozilla Firefox, Safari e Google Chrome. Também conhecido como "navegador".

              Byte

              Conjunto de oito bits, usado para realização de tarefas e armazenamento de dados pelos computadores e seus acessórios.

                Cracker

                Pessoa que invade redes de computação, viola senhas ou quebra sistemas de segurança, com objetivos como furtar dados confidenciais ou usar programas sem autorização.

                  Disco rígido

                  Também conhecido como "HD" (de hard disk, em inglês), é o componente de computadores e outros equipamentos eletrônicos responsável por armazenar dados - como arquivos e programas - de forma permanente. O HD é o encarregado de fazer com que o PC "se lembre" das coisas mesmo quando é desligado.

                    Domínio

                    Nome usado para localizar e identificar conjuntos de computadores na internet - na prática, serve para nomerar sites ou endereços de e-mail. O domínio de www.brasilturismocarioca.com.br, por exemplo, é brasilturismocarioca. No Brasil, o órgão responsável pelo gerenciamento dos domínios é o Registro.br (http://registro.br/), do CGI (Comitê Gestor da Internet).

                      Firewall

                      Sistema de segurança que controla e filtra a transmissão de dados entre o seu computador e a internet. O objetivo é evitar que a máquina seja infectada por pragas virtuais ou atacada por pessoas mal intencionadas.

                        GPS

                        Sigla para Sistema de Posicionamento Global, em inglês. Com o uso de 24 satélites na órbita da Terra, essa tecnologia permite verificar a localização geográfica do usuário que possui um receptor para esses sinais. Além de aplicações para navegação de navios e aviões, o sistema foi adaptado para uso em veículos, para indicação de posição e estabelecimento de rotas.

                          GSM

                          Tecnologia para telefone celular mais usada no mundo. A sigla, que significa "sistema global para tecnologias móveis", ficou conhecida pelo uso de chips, que permitem que o usuário troque de aparelho sem dispensar a operadora ou vice-versa.

                            Hacker

                            Pessoa com grande capacidade para programação e desenvolvimento de sistemas eletrônicos, como programas e serviços de segurança. Hackers costumam ser relacionados a invasões de redes, mas eles preferem que o termo "cracker" seja usado para quem pratica esse tipo de ação.

                              Https

                              Protocolo utilizado por sites que precisam oferecer mais segurança ao usuário, como páginas de bancos, por ser menos vulnerável que o convencional "http". Com o "https", a transmissão de dados entre os clientes e os servidores são criptografadas, o que evita que as informações sejam capturadas por pessoas mal intencionadas. Quando se visita um site assim, geralmente aparece um cadeado na barra de endereços do navegador.

                                IP

                                Protocolo de internet, em inglês. O endereço de IP é a identificação exclusiva de um computador na internet, permitindo localizá-lo.

                                  MP3

                                  Sistema de compressão de áudio criado pelo instituto alemão Fraunhofer-Gesellschaft que revolucionou a indústria fonográfica ao reduzir em mais de dez vezes o tamanho ocupado por arquivos de música, na comparação com os CDs convencionais. Por meio dessa tecnologia ficou mais fácil compartilhar músicas pela internet e armazenar canções em pequenos aparelhos eletrônicos, como o iPod.

                                    P2P

                                    Abreviação para redes ponto a ponto, em inglês. O sistema permite que internautas compartilhem arquivos - como músicas e filmes - entre si, sem a necessidade de recorrer a um servidor central. Os dados ficam arquivados no computador de cada usuário. Para isso, é preciso de programas específicos como eMule, LimeWire ou BitTorrent e ficar atento a arquivos protegidos por direitos autorais ou com pragas virtuais que podem se abrigar nessas redes.

                                      Phishing Scam

                                      Técnica que tem o objetivo de furtar dados pessoais dos internautas, como senhas bancárias. Em geral, pessoas mal intencionadas enviam mensagens por e-mail ou programas de mensagens instantâneas (o MSN, por exemplo), pedindo que o usuário clique em um link ou faça o download de arquivos. Na realidade, essas ações podem infectar o computador e deixar vulneráveis certas informações.

                                        Processador

                                        Chips que são o "cérebro" do computador e outros aparelhos eletrônicos, responsável por realizar cálculos, tomar decisões e gerenciar as tarefas. O mercado é dominado pela Intel, fabricante de modelos como Pentiun e Celeron, e a AMD, com produtos como Athlon 64 e Sempron.

                                          RAM

                                          Memória temporária do computador, usada pelo processador para armazenar os dados com que está lidando no momento, como o funcionamento de programas - em um PC, quanto maior a memória RAM, mais rápido as tarefas serão executadas. Quando o equipamento é desligado, essas informações são perdidas.

                                            Smartphone

                                            Telefone celular que incorporou recursos comuns em computadores, como acesso à internet, pacotes de aplicativos e teclado completo. Alguns consideram que a presença de um sistema operacional, como o Windows, é essencial para que um aparelho seja considerado smartphone, mas isso não é consenso.

                                              Spam

                                              Mensagem de e-mail enviada sem solicitação e em massa. Geralmente têm conteúdo publicitário, mas também pode ser usada para disseminar pragas virtuais, como vírus.

                                                Trojan

                                                Também conhecidos como "cavalo de Troia", são programas maliciosos usados geralmente para furtar dados pessoais ou para permitir que terceiros "assumam o comando" do computador. Para infectar o PC, os trojans precisam de uma ação do usuário, como abrir o anexo de um e-mail chamativo. Ao contrário dos vírus, não se multiplicam automaticamente.

                                                  URL

                                                  - é o endereço de um arquivo ou página na internet. A URL do Brasil Turismo Carioca, por exemplo, é http://www.brasilturismocarioca.com

                                                    Vírus

                                                    Programa destinado a alterar a forma como computadores e outros aparelhos tecnológicos, como celulares, funcionam. Os vírus se auto-multiplicam e têm o poder de destruir programas e apagar arquivos, por exemplo. Outros apenas ocupam espaço na memória, mas também podem gerar falhas no sistema.

                                                      Voip

                                                      Tecnologia também conhecida como "voz sobre IP", que permite a realização de ligações telefônicas pela internet, em geral por um preço bem mais baixo. O sistema transforma a informação sonora em pacotes de dados que são transmitidos na web. O programa mais popular para isso é o Skype.

                                                      Fonte: R7

                                                      Comentários
                                                      0 Comentários

                                                      Nenhum comentário:

                                                      Postar um comentário

                                                      Gostou desta dica? Divulgue para seus amigos. Envie suas sugestões. Nos envie informações para melhorar ou ampliar esta dica. Esperamos sua participação.