20 de mar de 2009

Internet Explorer 8, lançamento da Microsoft


Nova versão do "browser" da Microsoft promete ser mais rápido e seguro que os concorrentes

Internet Explorer 8 foi lançado


Foi lançado o Internet Explorer 8 (IE), a nova versão do navegador da Microsoft. A empresa norte-americana espera recuperar o terreno ganho por outras empresas na guerra dos “browsers”.

“Os utilizadores deixaram claro aquilo que querem de um navegador da Web – segurança, rapidez e facilidade na utilização”, referiu Steve Ballmer, o presidente executivo da Microsoft, no site da empresa.

O novo navegador ficou hoje disponível para "download" no site da Microsoft. Está disponível em 25 línguas, entre as quais o português, e promete fazer frente aos outros programas do género, que nos últimos anos têm roubado utilizadores e popularidade à Microsoft.

Com o advento do Firefox, as regras alteraram-se um pouco e a Microsoft viu muitos dos utilizadores do IE a virarem-se para o “browser” da Mozilla. Este ano e de acordo com o “NetApplications”, um site que analisa as tendências na internet, o IE representa cerca de 67 por cento dos utilizadores e o Firefox 22 por cento. Para além destes, também o Safari, da Apple (8 por cento) e o recente Chrome da Google (1 por cento) são dois navegadores com alguma popularidade na Internet.

Novas funcionalidades
Para enfrentar a concorrência o IE 8 muniu-se de novas funcionalidades. A existência dos “aceleradores”, que tornam mais rápida a execução de tarefas na internet, é uma dessas novidades. Com um clique no botão direito do rato os utilizadores podem seleccionar um trecho de texto e imediatamente partilhá-lo, traduzi-lo ou localizar essa informação num mapa, sem que seja necessário abrir novas janelas ou os já muito comuns separadores.

Por outro lado, existem os “Web Slices” que permitem dividir um site em partes de interesse e seleccioná-las como favoritas. Depois, essas “fatias” podem ser vistas sem que seja preciso ir ao site de onde foram retiradas.

A segurança e a privacidade também são aspectos valorizados através de novas ferramentas do IE 8. Por exemplo, a utilidade “SmartScreen” identifica e avisa se o utilizador estiver a tentar aceder a sites potencialmente perigosos e inseguros, e a “In Private” que permite aceder às contas individuais em computadores públicos, sem que sejam deixados rastos das informações privadas dos utilizadores.

“Com o IE 8, estamos a fornecer um navegador que permite às pessoas terem a informação que precisam, rapidamente, e que oferece protecção que não existe em mais nenhum navegador”, reforçou Ballmer.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou desta dica? Divulgue para seus amigos. Envie suas sugestões. Nos envie informações para melhorar ou ampliar esta dica. Esperamos sua participação.